O CONSÓRCIO `UK AUTODRIVE´ VENCE CONCURSO PARA DESENVOLVER UM PROJETO MULTIMILIONÁRIO QUE TEM COMO OBJETIVO INCORPORAR VEÍCULOS AUTÓNOMOS NA VIDA QUOTIDIANA

Uma equipa de investigação irá investigar a aceitação de veículos autónomos e semiautónomos pelo público em Milton Keynes e Coventry.

Os testes serão realizados em estradas abertas ao trânsito geral em condições reais e permitirão desenvolver tecnologias a bordo que interajam com outros veículos e infra-estruturas. Estas tecnologias irão fomentar a condução autónoma e o desenvolvimento de novas tecnologias num protótipo Range Rover semiautónomo.

Os estudos realizados irão contribuir para a criação de novos protocolos legais e de cobertura para que a mobilidade sem condutor se transforme numa realidade segura e viável.

Lisboa, 5 de dezembro de 2014


Innovate UK anunciou que a `UK Autodrive´ foi a vencedora do concurso do Governo Britânico ‘Introducing Driverless Cars’ cujo valor ascende a 10 milhões de libras. Trata-se de um consórcio com uma visão de futuro formado por autarquias locais, empresas automóveis e de tecnologia e pelas instituições académicas mais importantes do Reino Unido.

O objetivo do projeto é transformar o Reino Unido no núcleo global do desenvolvimento de tecnologia para veículos autónomos bem como incorporar estes veículos em ambientes urbanos já existentes com uma introdução experimental em duas grandes cidades britânicas. Em complemento a auxiliar na criação de novos protocolos e da infra-estrutura de ligação necessária para a futura mobilidade autónoma, este programa irá permitir à equipa da UK Autodrive examinar as reações da população face aos veículos sem condutor e modelos autónomos.


O financiamento da Innovate UK é complementado com a contribuição dos 12 membros do consórcio, que permitirá realizar um projeto de 19,2 milhões de libras durante três anos, liderado pelos consultores de design e engenharia da Arup. A UK Autodrive irá realizar um programa com estudos de viabilidade e demonstrações práticas em Milton Keynes e Coventry. As autarquias destas cidades já estão a desenvolver as tecnologias de infra-estrutura urbana necessárias para implementar a mobilidade sem condutor.

O consórcio UK Autodrive reúne os melhores especialistas do mundo

Tim Armitage UK Autodrive Project Director

Os estudos de viabilidade terão em consideração as implicações e os desafios mais importantes na introdução de veículos autónomos do ponto de vista técnico, social e económico. Em complemento, irão gerar informação interessante para fabricantes de veículos, cidades, operadores comerciais, legisladores e seguradoras, que poderão desenvolver uma base legal para colocar a mobilidade autónoma nas estradas.


Nos testes realizados na via pública será incluída a avaliação em condições reais de veículos de passageiros com níveis crescentes de autonomia, bem como o desenvolvimento e a avaliação de cápsulas leves sem condutor com autonomia total concebidas para zonas pedonais.


Tim Armitage, UK Autodrive Project Director, Arup, comentou: “O consórcio UK Autodrive reúne os melhores especialistas do mundo para colocar o Reino Unido na vanguarda do desenvolvimento e implementação de tecnologias de condução autónoma.


Em complemento ao desenvolvimento e avaliação das tecnologias que serão necessárias para conduzir os veículos de forma autónoma nas nossas estradas do futuro (tecnologias a bordo e que interagem com outros veículos e infra-estruturas), o projeto irá centrar-se também na perceção dos condutores, peões e outros utilizadores da estrada. O sistema de transporte autónomo a baixa velocidade (L-SATS) irá transformar-se na primeira demonstração à escala comercial de uma solução de mobilidade urbana para distâncias curtas com uma abrangência global.


Nas fases de demonstrações práticas pretendemos começar a testar veículos individuais em vias sem trânsito até chegar a um ponto onde todos os utilizadores da estrada, bem como os legisladores, a polícia e as seguradoras tenham a certeza de que as cápsulas sem condutor e os veículos autónomos e semiautónomos podem circular de forma segura pelas ruas britânicas”.


Os parceiros do consórcio `UK Autodrive´ são a Arup, a Câmara de Milton Keynes, a Câmara de Coventry, a Jaguar Land Rover, a Ford Motor Company, a Tata Motors European Technical Centre, o RDM Group, a MIRA, a Thais (UK), a Oxbotica, a AXA, a firma internacional de advogados Wragge-Lawrence-Graham, a Transport Systems Catapult, a Universidade de Oxford, a Universidade de Cambridge e a Open University.


O Dr. Wolfgang Epple, Director of Research and Technology da Jaguar Land Rover, comentou: “Se queremos que a introdução dos veículos sem condutor seja um sucesso, temos que nos concentrar tanto nos condutores como nos peões e nos restantes utilizadores das estradas. Por essa razão, estamos a investigar a interface homem-máquina dos veículos e cápsulas sem condutor para assegurar que todos os utilizadores da estrada compreendem, aceitam e apoiam estas tecnologias tão inovadoras quanto fascinantes. Temos que convencer todo o mundo que um veículo ou uma cápsula que circule com muito pouca interação humana, ou mesmo sem nenhuma, pode ser uma experiência segura, viável e gratificante.


As novas tecnologias avançadas de auxílio à condução em que estamos a trabalhar irão asseguram que não se perde um único momento de emoção e diversão na condução. Apesar do veículo poder ser totalmente autónomo se o condutor o desejar, o nosso objetivo é prestar-lhe assistência melhorar a sua condução. Em última instância, queremos proporcionar níveis de autonomia que se ajustem desejadas ou às necessidades do condutor em estrada e fora de estrada. A nossa visão baseia-se em proporcionar a opção permanente de uma condução participativa ou autónoma”.

Temos que convencer todo o mundo que um veículo ou uma cápsula que circule com muito pouca interação humana, ou mesmo sem nenhuma, pode ser uma experiência segura, viável e gratificante.

Dr. Wolfgang Epple Director of Research and Technology da Jaguar Land Rover

A Jaguar Land Rover participa em dois pontos chave do projeto `UK AutoDrive´:

  • Em primeiro lugar, a Jaguar Land Rover irá desenvolver e testar as novas tecnologias de assistência avançada à condução (ADAS) num protótipo Range Rover semiautónomo em situações reais de condução nas ruas de Milton Keynes e Coventry. O objetivo não é conseguir autonomia total, mas sim criar um veículo de passageiros com capacidade autónoma durante um período de tempo.
  • Em segundo lugar, a `UK AutoDrive´ irá desenvolver e avaliar cápsulas leves sem condutor concebidas para zonas pedonais. Os investigadores da Jaguar Land Rover irão desenvolver a estratégia de interface homem-máquina (HMI) e realizar os testes destas tecnologias nas cápsulas em situações reais.

Mais informação e imagens e vídeos sobre a Jaguar Land Rover disponível em
www.media.jaguarlandrover.com.

Mais vídeos em alta resolução em
www.broadcast.jaguarlandrover.com.




An error occurred creating a component.

Component with schema "Ready To Go Bar" and view "ready-to-go-bar" and title "Ready to Go Bar" and ID "tcm:290-82911".
(Error was "There must be a CTA on the Ready To Go box, component Id tcm:290-82911 is missing a CTA")


Jaguar Land Rover Limited: Registered office: Abbey Road, Whitley, Coventry CV3 4LF. Registered in England No: 1672070

Os valores disponibilizados resultam de testes realizados pelo fabricante em conformidade com a legislação da UE. O consumo de combustível específico de um veículo pode divergir dos valores obtidos nos testes e os valores servem apenas como termo de comparação.