ATUALIZE O SEU NAVEGADOR

Infelizmente, este navegador está desatualizado e não pode ser suportado. Atualize o seu navegador para usar as funcionalidades avançadas neste site.

CLOSE LABEL

ATUALIZAÇÃO DO NAVEGADOR

Detetámos que não está a utilizar a versão mais recente do seu navegador. Ao atualizar para a versão mais recente do Internet Explorer, poderá ver e utilizar este site da forma que pretendemos e toda a sua navegação na Internet será mais segura, uma vez que esta atualização inclui os padrões de segurança mais recentes.

PROJECT DISCOVERY

PORQUE É QUE TODOS PRECISAMOS DE CONECTAR, EXPLORAR E ENCONTRAR COISAS NOVAS

Há mais de 30 anos que o Land Rover Discovery ajuda as famílias a viveram aventuras. Por isso, Project Discovery era o nome ideal para um estudo a nível internacional sobre as famílias.

A Land Rover investigou como é que conseguimos continuar a explorar o mundo e a encontrar coisas novas nestes últimos 12 meses desafiantes. O Project Discovery analisa a capacidade de recuperação pessoal e revela como a podemos desenvolver, sejam quais forem as circunstâncias.

Tem tudo a ver com a família e os amigos, a vontade de fazer e aprender, e a sede de explorar e descobrir coisas novas.
A Land Rover lançou o Project Discovery para saber mais sobre famílias em todo o mundo. O que aprenderam elas sobre si próprias no último ano? E que novas coisas esperam fazer em conjunto quando as restrições da pandemia se atenuarem? As respostas de 7.000 pessoas em sete países foram reveladoras.

Não só reveladoras, mas também úteis.

As conclusões do Project Discovery vão ajudar as pessoas a fazer mudanças positivas nas suas vidas. Porquê? Porque revelam o que todos podemos fazer para nos tornarmos mais resilientes. Ser mais resiliente tem claros benefícios para a saúde mental.

Poucas pessoas encontram uma definição científica de “altamente resiliente”. No Project Discovery, apenas 7%. Mas a capacidade de lidar com situações desafiantes é algo que podemos desenvolver ao longo do tempo. Três fatores ajudam a construir a resiliência. Podemos chamar-lhes Amigos e Família, Enriquecimento com Finalidade e Espírito de Descoberta.

Amigos e Família em primeiro lugar. Uma das melhores formas de construir a resiliência é através das relações. As pessoas altamente resilientes têm um desejo crescente de se relacionarem com os outros. Dispõem de uma rede de apoio bem unida. Mais de metade das pessoas que têm um elevado grau de resiliência no Project Discovery dizem que colocam sempre o tempo com a família em primeiro lugar. Isso é 44% mais do que entre as pessoas com baixa resiliência.

Uma proporção semelhante disse que gostava de encontrar novos lugares para explorar. E 72% das pessoas altamente resilientes encontram alegria em aprender coisas novas – 41% mais do que as pessoas que obtiveram baixos níveis de resiliência.

Os confinamentos afectaram pessoas em todo o mundo. As restrições sociais forçaram as comunidades a mudar e a adaptar-se. O Project Discovery descobriu que muitos de nós experimentámos coisas novas durante a pandemia. Isso é Enriquecimento com Finalidade.
Desde que as restrições começaram, 73% das pessoas inquiridas abraçaram um novo passatempo, rotina de exercício, hobby ou hábito. As pessoas com menor resiliência foram as mais propensas a dar início a algo novo. E 93% delas disseram que tencionam continuar a fazê-lo. Isto sugere que as pessoas estão a fazer alterações para superar a situação, de forma deliberada. De facto, mais de metade dos inquiridos (56%) afirmaram ter tido mais cuidado com a sua saúde mental desde o início da crise.

A aprendizagem de novas competências – mentais e físicas – é fundamental. O mesmo acontece com o foco em atividades com um objetivo claro. O Project Discovery concluiu que 72% das pessoas com altas pontuações de resiliência gostam de aprender coisas novas. Isto é 41% mais do que as pessoas do estudo com baixas pontuações de resiliência. E 57% das pessoas com alta resiliência levam a sério a saúde física – 73% mais do que as pessoas com baixa resiliência.

O Project Discovery também sublinha a importância de um terceiro factor: o Espírito de Descoberta. Explorar e estar consciente do que se passa à sua volta é uma boa forma de construir a resiliência. Mais de metade das pessoas com altas pontuações de resiliência gostam de encontrar novos lugares para explorar. Isso é 41% mais do que as pessoas com baixa resiliência. É também revelador que as pessoas com alta resiliência são 61% mais propensas a ter um interesse ativo em notícias e assuntos da atualidade.

Portanto, o Project Discovery deixa claro: descobrir mais é bom para si.

Pode dar início a uma aventura em família aqui:
A resiliência é a capacidade de lidar com as dificuldades. O termo é frequentemente utilizado no mundo da medicina. É também uma forma útil de ver a forma como as pessoas lidam na vida quotidiana, especialmente dadas as restrições com que as pessoas em todo o mundo têm vivido durante a pandemia. A resiliência não é um conceito estático – ela pode ser melhorada e desenvolvida.

O aumento da resiliência pode levar a benefícios para a saúde substanciais e comprovados. O Project Discovery propôs-se a compreender melhor os comportamentos das pessoas resilientes desde o início da pandemia. Falou com 7.000 famílias, 1.000 em sete países: EUA, China, Reino Unido, França, Alemanha, Itália e Espanha. Os investigadores quiseram saber como a pandemia tinha mudado a vida destas pessoas, que efeito tinha esta situação sem precedentes tido na sua resiliência pessoal.

Avaliaram a resiliência utilizando a Escala Breve de Resiliência. Trata-se de um sistema desenvolvido por psicólogos que permitiu ao Project Discovery identificar os comportamentos comuns que ligam pessoas com diferentes níveis de resiliência.

Todos os que participaram foram classificados como tendo resiliência alta, média ou baixa. Apenas uma pequena proporção da população global pode ser classificada como altamente resiliente. A maioria das pessoas situa-se na categoria de média resiliência. Portanto, a maioria de nós tem algum nível de resiliência. Mas também há uma enorme margem para melhorar e aprender com os 7% de pessoas altamente resilientes. Um significativo 29% pode ser definido como tendo “baixa resiliência”.

O Project Discovery perguntou aos participantes se abraçaram um novo passatempo, rotina de exercício, hobby ou hábito desde que a pandemia começou. No total, 73% das pessoas disseram que o tinham feito. No entanto, as pessoas altamente resilientes tinham menos probabilidades de ter adotado uma nova actividade neste período. De facto, é 37% mais provável que não o tenham feito. Isto pode parecer estranho, mas é porque é mais provável que eles tenham feito estas coisas antes.

As principais atividades praticadas por pessoas com alta resiliência antes da pandemia são projetos com um objetivo claro. Por exemplo, fazer ou montar algo, ou realizar reparações. As atividades relacionadas com a saúde também tiveram grande destaque – correr, andar de bicicleta e comer de forma saudável, por exemplo.

Manter-se ligado também é importante. Isso não significa apenas falar ao telefone. É estar em contacto com pessoas e eventos, ler jornais a juntar-se a videochamadas de grupo, etc.

O Project Discovery mostra que mais pessoas estão a fazer coisas novas para ajudar a construir a sua resiliência. Melhor ainda, que 93% dos que iniciaram uma nova atividade têm a intenção de continuar.

Os resultados alinham-se com a opinião do aventureiro Bear Grylls, com quem falámos sobre o assunto. O embaixador da Land Rover sabe tudo sobre a importância da resiliência.
"O Project Discovery sublinha a importância de ter um grupo unido de familiares, amigos e colegas que se apoiam quando as coisas se tornam difíceis", afirma.

"O Discovery possibilita aventuras familiares há mais de três décadas, pelo que é conveniente que a investigação tenha realçado a importância de tais atividades. Não me surpreende que pessoas altamente resilientes sejam o grupo com maior probabilidade de passar tempo ao ar livre.”

Veja algumas aventuras ao ar livre aqui.

 

O Project Discovery dá-nos mais informação sobre a resiliência. Os resultados da investigação internacional mostram-nos quantas pessoas são altamente resilientes. Sabemos o que elas fazem. E como todos nós nos podemos tornar mais semelhantes a elas. Porque todos podemos trabalhar para nos tornarmos mais resilientes, e isso pode ter benefícios claros para a nossa saúde mental.

Sir Cary Cooper é professor de Psicologia Organizacional e de Saúde na Universidade MBS de Manchester, no Reino Unido. Afirma: "A resiliência é algo que pode ser aprendido e desenvolvido ao longo do tempo e o Project Discovery mostra como as pessoas verdadeiramente resilientes se comportam. Usando as suas descobertas, é possível ver como algumas mudanças relativamente simples no estilo de vida têm o potencial de aumentar a nossa capacidade de superar adversidades – agora e no futuro."

Sir Cary tem a certeza de que todos o podem fazer.

"O que é realmente interessante é que a resiliência não é exclusiva dos altos cargos, dos líderes políticos ou do pessoal militar", diz. "De facto, os resultados sugerem que as pessoas mais resilientes nos últimos 12 meses terão sido casais reformados com rotinas positivas há muito estabelecidas e que têm visitas regulares de netos".

As conclusões do Project Discovery destacam três ingredientes-chave e comportamentos comuns a pessoas com uma elevada taxa de resiliência. Estes são Amigos e Família, Enriquecimento com Finalidade e Espírito de Descoberta.

Esta perceção permite à Land Rover revelar a fórmula para a resiliência: R = 2F + EwP + SD.

Complicado? Na verdade, é bastante simples.

Primeiro, R significa Resiliência.

Depois 2F, que equivale a Amigos e Família.

O Project Discovery mostra que as pessoas com alta resiliência têm um desejo crescente de conectar com outras. Dispõem de uma estrutura de apoio estreita de amigos e familiares. Recorde que as pessoas com alta resiliência têm 44% mais probabilidade de dar prioridade ao tempo com amigos e familiares em comparação com as pessoas do estudo com baixa resiliência.

EwP significa Enriquecimento com Finalidade. Trata-se da aprendizagem de novas competências, tanto mentais como físicas.

Vimos que focarmo-nos em atividades com um objetivo final claro é fundamental. Os resultados mostram que 72% das pessoas com alta resiliência gostam de aprender coisas novas. Ou seja, 41% mais do que as pessoas do estudo com baixas pontuações de resiliência. E 57% das pessoas com alta resiliência levam a sério a saúde física – 73% mais do que as pessoas com baixa resiliência.

Finalmente, SD é o Espírito da Descoberta.

A exploração e a consciência do que está a acontecer à sua volta constrói a resiliência. Mais de metade das pessoas com pontuações altas gostam de encontrar novos lugares para explorar – 41% mais do que as pessoas com baixa resiliência. E são 61% mais propensas a ter um interesse ativo em notícias e na atualidade.

Assim, o Project Discovery mostra o que todos nós podemos fazer para melhorar a nossa resiliência nestes tempos desafiantes. Ligue-se à sua família e amigos tanto quanto puder. Aprenda novas competências, físicas e mentais. E aproveite o seu Espírito de Descoberta sempre que possível.

Ou, dito de outra forma: R = 2F + EwP + SD.

Veja onde o seu Espírito de Descoberta o pode levar:
Pode ler mais sobre o Project Discovery aqui.

ATENÇÃO

O vídeo que se mostra a seguir requer o uso de cookies. Se desejar ver o conteúdo do vídeo, modifique as suas preferências para consentir o uso das seguintes cookies:
  • ANALÍTICOS
  • MARKETING E PUBLICIDADE