DESIGN

#INSPIREDBYVELAR

O IMPACTO DO SOM

COM AS MAIS RECENTES TECNOLOGIAS DA MERIDIAN AUDIO, O NOVO VELAR OFERECE AOS PASSAGEIROS UMA EXPERIÊNCIA AUDITIVA VANGUARDISTA.

Há poucas experiências na vida que se assemelham à intensidade emocional de uma performance musical ao vivo: a “pele de galinha” quando ouvimos a nossa música preferida, sentir o ritmo da música pelo corpo inteiro, a paixão, o otimismo, a atmosfera elétrica.
Como é que recriamos isso?

Para a Meridian Audio, proporcionar esta experiência envolvente de música ao vivo é um objetivo presente em todas as vertentes do negócio. A Meridian tem estado na vanguarda dos sistemas de som para casas e veículos há várias décadas, esforçando-se constantemente por criar um som o mais autêntico e real possível. Como criadores da primeira coluna para casas, a Meridian também foi responsável pela primeira coluna com Processamento de Sinais Digitais (DSP).

A busca incessante pela tecnologia e pelo design mais atuais fizeram da Meridian a parceira ideal para o Novo Range Rover Velar. Foi pedido à Meridian, ainda numa fase inicial do processo, uma solução auditiva capaz de complementar o mais recente membro da Land Rover. O desafio não seria fácil. A filosofia de design minimalista do Novo Velar exigia que todos os detalhes superficiais fossem removidos. “Um dos requisitos do Novo Velar era simplesmente integrar o sistema de som dentro do interior”, conta Laurence Hodben, engenheiro de investigação na Meridian. “Felizmente, os materiais do habitáculo ajudaram muito a esconder as colunas quase por completo”.
Os efeitos desta combinação estética e psicológica são surpreendentes. “Se não sabes onde estão as colunas”, explica Hodben, “a ilusão da experiência auditiva intensifica-se. Não saber onde estão as colunas ajuda a convencer de que a pessoa está noutro sítio, seja numa sala de espetáculos ou num concerto com música ao vivo”.

A psicoacústica, o entendimento de como o nosso cérebro interpreta o som, forma a base das outras tecnologias da Meridian. Um exemplo disto é o primeiro sistema integrado Trifield 3D. Ao adicionar vários canais de altura, a sensação de espaço do habitáculo é expandida para uma experiência 3D, criando uma sensação suprema de escala e definição de música. “Isto produz um áudio de qualidade muito superior à que normalmente se poderia ouvir num carro”, explica Hodben. Permite que todos possam usufruir da experiência de áudio envolvente dentro do veículo, independentemente de onde estão sentados.
A tecnologia Meridian Cabin Correction leva isto ainda mais longe. Ao analisar de forma inteligente a acústica, as características e a forma do habitáculo, o sistema ajusta o som para remover a ressonância não desejada.

O interior do Novo Velar foi criado para ser um “santuário”, onde os passageiros pudessem desfrutar e relaxar. O design requintado e os têxteis premium complementam este aspeto a um nível visual e tátil, enquanto a Meridian Audio completa a experiência sensorial com um som concebido de forma minuciosa.

“Hoje em dia, muitos de nós ouvem mais música dentro do carro do que em qualquer outro lugar”, afirma Katy Bradshaw, responsável de marketing na Meridian. “O Novo Velar leva-o ao seu destino físico, mas o som leva-o ao seu destino emocional”.

Para explorar mais este tema, veja o vídeo acima.

O Sistema de Som Meridian, o Sistema de Som Surround Meridian e o Sistema de Som Meridian Signature são três das opções de áudio premium disponíveis no Novo Velar. Saiba mais
O projeto #InspiredByVelar celebra a junção da inovação com o design. Junte-se ao Velar Circle e não perca nem um momento. Como membro do Circle, será o primeiro a receber as últimas notícias sobre o Novo Velar, assim como acesso a eventos exclusivos e experiências imperdíveis.

Jaguar Land Rover Limited: Registered office: Abbey Road, Whitley, Coventry CV3 4LF. Registered in England No: 1672070

Os valores disponibilizados resultam de testes realizados pelo fabricante em conformidade com a legislação da UE. O consumo de combustível específico de um veículo pode divergir dos valores obtidos nos testes e os valores servem apenas como termo de comparação.