POLÍTICA DE COOKIES

A Land Rover gostaria de utilizar cookies para guardar informação no seu computador, para podermos melhorar o nosso site e para que lhe possamos comunicar os produtos e serviços que acreditamos ser do seu interesse. Um desses cookies é essencial para o funcionamento de algumas secções do site e já foi enviado. Pode apagar e bloquear todos os cookies deste site, mas alguns elementos podem não funcionar correctamente. Para informação adicional sobre a publicidade comportamental online ou sobre os cookies que utilizamos e a forma de os eliminar, consulte a nossa política de privacidade. Ao fechar, está a concordar com a utilização de cookies em conformidade com a nossa Política de Cookies.

ATUALIZAÇÃO DO NAVEGADOR

Detetámos que não está a utilizar a versão mais recente do seu navegador. Ao atualizar para a versão mais recente do Internet Explorer, poderá ver e utilizar este site da forma que pretendemos e toda a sua navegação na Internet será mais segura, uma vez que esta atualização inclui os padrões de segurança mais recentes.

A ROTA DA SEDA

Em condições desafiantes, três protótipos Range Rover Diesel Hybrid provaram ser os híbridos com mais capacidades no mundo ao enfrentarem a lendária Rota da Seda.

Representando um teste rigoroso de validação de engenharia, partiram da sede da Land Rover em Solihull, no Reino Unido, e percorreram os 16.800 km da Rota da Seda, chegando a Bombaím, na Índia, 53 dias depois. A missão levou os veículos através da Europa para a Ásia Central, passando pelas míticas cidades da Rota da Seda, Bucara e Samarcandaa caminho do desafio absoluto: os Himalaias.

Nos cumes elevados das montanhas do Tibete, os híbridos Range Rover depararam-se com algo técnico que desconheciam. Tendo que circular em ar rarefeito a 5.000 m, a pressão atmosférica reduzida desafiou os motores e sistemas de refrigeração, bem como os ocupantes dos Land Rover. Mais de um terço do grupo de 14 pessoas sofreu dores de cabeça, e duas delas precisaram de oxigénio. Mas os veículos Hybrid revelaram uma vantagem. Os seus motores eléctricos conseguiram compensar os efeitos negativos do nível reduzido de oxigénio teria em motores de combustão interna.

Na sua chegada a Bombaím, estes híbridos carregados e conduzidos sob condições exigentes, apresentaram um consumo impressionante de 7,6-7,8 l/100 km, confirmando que o Range Rover Hybrid é tão robusto quanto qualquer outro Land Rover - um veículo fora de estrada excecional pronto para enfrentar qualquer desafio.

© JAGUAR LAND ROVER LIMITED 2019

Jaguar Land Rover Portugal Veículos e Peças Lda., Edifício Escritórios do Tejo, Rua do Polo Sul, n.º 2 – 3.º B-3, Parque das Nações, 1990-273 Lisboa

Os valores disponibilizados resultam de testes realizados pelo fabricante em conformidade com a legislação da UE. O consumo de combustível específico de um veículo pode divergir dos valores obtidos nos testes e os valores servem apenas como termo de comparação.

O WLTP, com o seu equivalente NEDC Correlacionado, é o novo teste oficial da UE utilizado para calcular valores de CO2 e de consumo de combustível normalizados para veículos de passageiros. Mede o consumo de combustível, o consumo de energia, a autonomia e as emissões. Foi concebido para proporcionar valores mais próximos dos obtidos com comportamentos de condução reais. Testa os veículos com equipamento opcional e com um procedimento de teste e um perfil de condução mais rigorosos.